Departamento de Infância e Juventude

EVANGELIZAÇÃO PARA CRIANÇAS E JOVENS

 

DOMINGOS, das 10h às 11h30

Faixa etária: 0 aos 25 anos 

Contato: dij.semp@gmail.com

 

 

  • O convite para trazer as crianças e jovens à Evangelização Infantojuvenil está aberto durante o ano todo, podendo o ingresso ser realizado a qualquer tempo. A Evangelização não segue os padrões das escolas convencionais, podendo receber crianças e jovens em qualquer domingo do ano (exceto período de férias), independente do conhecimento doutrinário de cada um. Se você tiver alguma dúvida, entre em contato conosco por e-mail: dij.semp@gmail.com.

 

 

Divisão dos ciclos de Evangelização por faixa etária:

  • 0 a 3 anos - Bebês
  • 4 a 6 anos - Jardim I
  • 7 a 8 anos - 1º Ciclo
  • 9 a 10 anos - 2º Ciclo
  • 11 a 12 anos - 3º Ciclo
  • 13 a 19 anos - Mocidade I
  • 20 a 25 anos - Mocidade II

 

 

" ... educar uma criança e um jovem à luz do Espiritismo é semear luz pelos caminhos do futuro..."

(Vianna de Carvalho)

 

 

Que orientações os Amigos Espirituais dariam aos pais espíritas em relação ao encaminhamento dos filhos à Escola de Evangelização dos Centros Espíritas?

R: Conquanto seja o lar a escola por excelência onde a criatura deva receber os mais amplos favores da educação, burilando-lhe o sentimento e o caráter, não desconhecemos a imperiosidade de os pais buscarem noutras instituições sociais o justo apoio à educação da prole; e, assim, deverão encaminhar os filhos, no período oportuno, para a escola do saber, viabilizando-lhes a instrução. Entretanto, jamais deverão descuidar-se de aproximá-los dos serviços de evangelização em cujas abençoadas atividades se propiciará a formação espiritual da criança e do jovem diante do porvir.

Há pais espíritas que, erroneamente, têm deixado, em nome da liberdade e do livre-arbítrio, que os filhos avancem na idade cronológica para então escolherem este ou aquele caminho religioso que lhes complementem a conquista educativa no mundo. Tal medida tem gerado sofrimento e desespero, luto e mágoa, inconformação e dor. Porque, uma vez perdido o ensejo educativo na idade propícia à sementeira evangélica, os corações se mostram endurecidos, qual terra ressequida, árida, rebelde ao bom plantio, desperdiçando-se valioso período de ajuda e orientação. É então que somente a dor, a duros golpes provacionais, pode despertar para refazer e construir.

Bezerra de Menezes (1982)

Livro: Sublime Sementeira, org. Miriam Masotti Dusi, Feb, 2012.

 

 

Veja, abaixo em anexo, o Calendário 2017

* O Calendário do DIJ é dinâmico e sujeito a alterações conforme as necessidades.

17/04/2017
A importância da evangelização espírita infanto juvenil - Rossandro Klinjey